Categorias
Diversos

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino. Todos devemos ter a mínima noção das versões das Escrituras Sagradas que usamos hoje.

Imagem ilustrativa do artigo Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino

Não temos aqui a intenção de menosprezar qualquer das versões utilizadas, mas de expor um conhecimento pouco divulgado, porém muito importante.

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino: Entendendo as Palavras

É necessário que o crente de hoje entenda a importância do Texto Tradicional do Grego na sua vida cristã.

O Texto Tradicional: No primeiro século da Era Cristã, gosto de usar “No Princípio na Nova Criação”, Jesus Criou a Igreja, como em Gênesis Deus criou os Céus e a Terra.

Isso começou podemos dizer, foi com a ressureição de Cristo, onde o Mestre enviou seus discípulos com um grande trabalho a fazer.

Como consequência do processo, resultou num grupo de cartas e livros escritos no Grego Koine que foram chamados: “Autógrafos Originais”.

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino: Cópias e Mais Cópias

Estes livros foram tão aceitos que precisaram ser copiados e recopiados.

Esse processo, desencadeou em mais de 5.000 mil manuscritos que sobreviveram em muitas partes do mundo.

Estas mais de 5.000 (cinco mil cópias), foram reunidas de todos os lugares do mundo que se falava a linguagem Grega.

Esse Grego, também conhecido por “Grego Koine”, foi usado naturalmente para escrever as palavras dos Evangelistas e Apóstolos.

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino: Reunindo Cópias

Com o passar do tempo, um ajuntamento de eruditos, judeus, se reuniram para colocar todos os escritos em um só volume.

Eles reuniram estas cópias que eram consideradas legítimas e com maior igualdade entre si.

Buscando-as das Regiões Bizantinas, eles puderam compilar a primeira versão completa das Escrituras.

Texto Tradicional: devido os escritos reunidos terem sido do maior números de cópias com maior igualdade e de datas mais antigas, surgiu o Termo “Texto Tradicional”.

Estes Manuscritos foram usados para criar uma versão aceita por todos até então.

Entendendo Sobre o Texto Tradicional Recebido Receptus Bizantino: O Termo Bizantino

Bizantino: O nome “Bizantino” é justamente pelo fato que os manuscritos foram reunidos de todos os lugares que se falava o Grego e onde tais cópias foram encontradas.

Esses lugares de fala grega recebeu o nome de Bizantino também sua maneira de falar.

Assim, como as Escrituras agora reunidas tinham sua origem nessas regiões, também receberam o nome de o Texto Bizantino.

Até esse ponto, não havia cópias impressas sendo todas feitas de próprio punho.

Texto Receptus: Posteriormente, em dias mais avançados, esta cópia foi “Recebida” para ser impressa, por isso recebeu também o nome de “Texto Receptus”.

Os termos Texto Bizantino, Texto Tradicional, Texto Recebido ou Texto Receptos se referem à versão do Novo Testamento Grego Koine.

Você poderá continuar este artigo com mais informações AQUI

Facilmente ao abrir as primeira páginas da sua Bíblia, você poderá verificar se ela é a Versão Crítica ou a Versão Receptus.

Deixe uma resposta